Música

 

 

A volta dos Morcegos

 

 

José Silvério de Carvalho

 

 

 

 

Eles voltaram ,sobrevoaram e pousaram no "Parque de Exposições" na inesquecível noite do dia 24.05.2014. Depois de tantos anos, como uma fênix, renasceu.
Foi no evento que se intitulou Feito em Casa, juntamente com o também tradicional Grupo Verde Terra, além do Grupo de Seresta do Dr.José Sylvio, do Cuca e Banda, a banda de rock The Secrets e Thulio Silveira, que abrilhantaram e muito o Parque de Exposições de Alvinópolis num dos mais belos shows dos últimos anos na nossa querida terra. Um ambiente incrível, de amizade, de reencontro e amor à música deu o tom da festa.

Por parte de "Os Morcegos", foram feitas homenagens justas e muito merecidas para aqueles que muito contribuiram de uma forma brilhante, para o nosso crescimento nos anos 60.
Participações especiais da grande promessa Ana Clara, homenageando seu Avô José Carlos Barros, componente do Grupo. Júlio Batista e seu trompete sendo homenageado e homenageando Paulo Rodrigues, outro Trompetista, que nos concedeu a honra de tocar conosco.

Dos acordes mágicos da sua Guitarra, nosso amigo David prestou homenagem ao nosso grande guitarrista Tão de Ruão, falecido recentemente.
Nós, do grupo " Os Morcegos", não poderíamos esquecer de render as nossas
homenagens e agradecimentos ao nosso guitarrista e grande amigo Neguinho e sua esposa Lourdinha. Sem eles não seria possível a realização desse show. Como trabalharam, como se dedicaram, para o brilhantismo deste grande evento.
Tive uma felicidade tão grande que a minha ficha não caiu até hoje, pois continuo sonhando.

 



Voltando ao ressurgimento de "Os Morcegos", o grande responsável por esse reencontro foi o Neguinho, pois há mais de 05 anos ele vem "cutucando" os
Morcegos que estavam dormindo de cabeça para baixo. Foi parar até lá na Romênia, no Mosteiro de Snagov , com as suas florestas sombrias e
seus castelos mal assombrados, reduto do vampiro mais temido do mundo, o "Conde Drácula".

Na volta, encontrou um Morcego em Goiás (Léte) ,outro em Juiz de Fora(Frankin) e mais três morcegões em Belo Horizonte(Vidrilho, Paulo César e Humberto).
Com muito jeito e persistência, estava remontada a estrutura original do grupo. Devagarinho fomos conversando e agendando encontros até conseguirmos unificar as idéias e partir para esse renascimento.

Começamos a ensaiar, de forma exaustiva, durante um ano, mas graças ao bom Deus, valeu o nosso sacrifício e como valeu.
Os nossos sinceros agradecimentos ao Grande Público que lotou as dependências do Parque de Exposições, que cantou junto conosco numa noite de muita emoção, lembranças históricas e lágrimas de alegria.
Preparem-se, "Os Morcegos" continuam sobrevoando Alvinópolis e a qualquer momento vão pousar em algum lugar.

Um grande abraço a todos os meus queridos conterrâneos de Alvinópolis.
José Silvério(Vidrilho).

 

Contato : josesilverio.carvalho@gmail.com

José Silvério de Carvalho (Vidrilho).

 

 

Colunas anteriores